segunda-feira, 27 de abril de 2009

Flagrantes da vida real II (Acontece com todo mundo!!!)



Precisa explicar mais alguma coisa? Acontece com todo mundo e eu achando que era só comigo.

"Mapinha" enviado por um amigo, explicando o que aconteceu com ele...(msn). Show de bola!


sábado, 25 de abril de 2009

sábado, 18 de abril de 2009

A Bunda Que Queria Ser Independente

A bunda queria ser independente. Vejam que inusitado! A bunda estava de “saco cheio” de depender da perna. Ela não queria ir junto com a perna, cada vez que essa decidisse ir pra frente. Muito menos queria acompanhá-la quando decidia ir para trás. Ficava horrível!
Seria demais gritar por independência? Ela sonhava em permanecer ali. Parada e quietinha, mesmo quando a perna quisesse ir para onde bem entendesse.
A bunda, vendo que algumas outras bundas eram independentes por uma simples questão de genética, indignou-se ainda mais. Seu desânimo era visível. Deixava-se levar pela perna e já nem sentia mais vergonha do seu aspecto horroroso e caído, quando era levada para cima, em consequência do movimento de retroceder que a perna fazia... Não havia jeito. Ou melhor, o jeito era continuar se sentindo mole e sem graça. Continuar seguindo a perna. Fazer o que, né? Mas a bunda lembrou de uma coisa importante! Se a genética não a havia ajudado, poderia conseguir sua independência por seus próprios meios. Nada mais justo, afinal, independência era isso! E lá se foi a bunda para a academia.

Outro roteiro para a fotonovela. Que coisa triste! Quando precisamos fazer determinada coisa, temos ideias só para outras... Agora, admita! Seria engraçado, vai... Hehe...
Post Relacionado: Pink & Floyd e o Plano Perfeito

Pink & Floyd e o Plano Perfeito

Idéias absurdas surgem de coisas simples e nas horas menos esperadas. Por exemplo, quando se vê a capa de um disco de vinil. 
Material necessário para a criatividade: Atom Heart Mother, disco do Pink Floyd, que tem fotos de vacas na capa. Pink Floyd, lembra o desenho animado Pink e Cérebro, no qual dois ratos sempre tramam planos absurdos para dominar o mundo.
Eis o que surgiu:
Cansadas de presenciar seus parentes e amigos próximos virarem recheio de xis, bifes e diversão de domingo na mesa dos gaúchos; duas vacas indianas - Pink e Floyd -, arquitetam um plano para dominar o mundo.  
- Chega de opressão! Vamos dominar o mundo, Pink! EUA no poder? Não! A nação mais poderosa será a Índia.”  
- Nada mais justo, Floyd. Somos sagradas na Índia!”
Pink e Floyd resolvem parar de produzir leite. Com mensagens subliminares, que até hoje não se sabe como foram parar nos filmes de Bollywood, elas induzem a população a consumir mais leite, muito mais leite! Com o apoio unânime ao plano de Pink e Floyd, todas as vacas do mundo param de produzir leite e começam uma sagrada peregrinação à Índia. Ocupam todo o território indiano, obrigando a população a se retirar.
Enquanto isso, as mensagens subliminares, que fazem com que as pessoas se tornem malucas por leite, espalham-se incontrolavelmente. Agora, também estão nos filmes de Hollywood, nas propagandas, nos telejornais, nos cartazes e outdoors, nas músicas, no rádio, na TV (nem novela escapa)! Estão por toda a parte.
Os EUA, mal das pernas devido a crise mundial (que, aliás, começou por lá), entregam os pontos. Os obesos de lá, sem cálcio suficiente nos ossos (sim, o cálcio proveniente do leite), começam a ter dificuldades para aguentar o próprio peso. Em todas as partes do mundo, crianças com o achocolatado (que restou de indústrias que fecharam), mas sem o leite berram desesperadas. O caos é geral.
É fato. A imprensa divulga o que todos já sabem: a Índia assumiu o controle. 
Correção: Pink e Floyd assumiram o controle.
Lentamente, as vacas recomeçam a produzir leite. Nada em excesso. Uma produção em larga escala colocaria o plano de Pink e Floyd em risco. Produzem apenas o suficiente para manter os humanos dependentes e submissos.
Ninguém mais sente vontade de comer carne. Seriam as mensagens subliminares? Isso não se sabe, assim como ninguém sabe onde foram parar os gaúchos, aqueles carnívoros.

Ideia: 02/04/09
Texto: 03/04/09.
Essa "maravilha" surgiu quando estava quebrando a cabeça, tentando bolar um roteiro de uma fotonovela, para a Oficina de Criatividade, com o Gerson. É óbvio para a coisa. A maioria não queria ser coadjuvante nem figurante... Uma pena...