terça-feira, 14 de maio de 2013

Mais música - Rival Sons

Poucas vezes escrevi sobre música no blog. Tenho um certo ciúme das bandas que descubro (como se ninguém mais as conhecesse) e gosto de guardá-las para mim. Quando decido revelar minhas descobertas - para os amigos mais chegados, normalmente -, faço com que eles passem por um verdadeiro ritual: são obrigados a ouvir sobre a banda, sobre os integrantes, lêem entrevistas e recebem os links dos melhores vídeos. Tudo por minha conta, óbvio. Depois de apresentar a banda aos queridões, apresento para o resto do meu mundo, nas redes sociais. E é claro que a maioria não dá bola. 

Mas quando a banda é boa, boa mesmo, não dá tempo de fazer isso. Descubro e largo no mundo, assim, direto. Foi exatamente isso que aconteceu quando ouvi a Rival Sons pela primeira vez. Os caras fazem um blues-rock de altíssima qualidade. Fui transportada para outra época, reconheci as influências e corri para as redes sociais - o blog, que exige mais do que uma simples frase e um link, ficou por último.

A banda gravou quatro álbuns (um é EP): 

Before the fire, de 2009

1. Tell me Something
2. Lucky Girl
3. Memphis Sun
4. Angel
5. Pocketful of Stones
6. The Man Who Wasn’t There
7. Pleasant Return
8. On my Way
9. I Want More
10. Flames of Lanka
11. Nanda-Nandana





Rival Sons EP, de 2011



1. Get What’s Coming
2. Torture
3. Radio
4. Sacred Tongue
5. Sleepwalker
6. Soul









Pressure and time, de 2011.

1. All over the Road
2. Young Love
3. Pressure and Time
4. Only One
5. Get Mine
6. Burn Down Los Angeles
7. Save Me
8. Gypsy Heart
9. White Noise
10. Face of Light





Head down, de 2012.

1. Keep On Swinging
2. Wild Animal
3. You Want To
4. Until the Sun Comes
5. Run from Revelation
6. Jordan
7. All the Way
8. The Heist
9. Three Fingers
10. Nava
11. Manifest Destiny Pt. 1
12. Manifest Destiny Pt. 2
13. True


Vamos ao que interessa? Os vídeos valem a pena, garanto.
Sobre o vocalista: quem pensa que canta bem deveria ouvir o Buchanan primeiro. Depois, deveria repensar e, quem sabe, desistir.









2 comentários:

Anônimo disse...

Cris amei a música!!! Linda, linda...sem contar que a tradução é linda demais!! Continue a dar dicas viu?! bjuu Claudinha

Cris disse...

Pode deixar, Claudinha!
Obrigada por comentar!

Beijo!